Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Amizade’

Ao Zeca Afonso

O dia em que eu nascim
ouvia-se ainda o eco
do berro, duro e seco,
de quando a tua vida
chegou devagar a seu fim.

Porque tu, Zeca, irmão,
fizeste com tua lembrança
uma canção de esperança
que evitou o teu final.

Serás lembrado no mar,
serás lembrado na terra.
Ouve-se ainda na mente
o eco do teu canto no ar.

Escrito entre 2007 e 2008

Read Full Post »

Despedida

Bem raro e estranho,
seguro che parece,
que che escreva estas linhas,
quase não me conheces

Mas há quem diz que quando
se for um conhecido
havemos de estar juntos,
não ficar adormecidos

E como despedida
para estas breves linhas,
desejo muita sorte
e que isto te conforte,
que longe ou bem cerquinha
serás bem acolhida.

Publicado originalmente em Junho de 2005

Read Full Post »

Como ovelha entre lobos

De várias cousas me decatei
Para alguns, evidentes, bem o sei
Vivemos neste mundo, sempre sem
Podermos confiar muito em ninguém
Mas fazemos esforços pra topar
Gente em que podermos repousar

As nossas inquedanças
Os íntimos temores
Pra dar-nos afirmança
Pra serem defensores
Em tempos de bonança
E quando houverem dores

Como ovelha entre lobos
Coelho entre raposos
Como neno probo
Num lugar enganoso

Publicado originalmente em Maio de 2005

Read Full Post »

E se me necessitas…

Estás em silêncio
depois dessa noite
O teu corpo, a tua mente
Não puderom com algo tão forte

Agora não falas
e não me podes ouvir
Quando despertares, saberás
que me terás sempre aqui

Ainda que não o souberes
protegerei-te
Ainda se não me vires
ajudarei-te

E se me necessitas
chama

Publicado originalmente em Dezembro de 2004

Read Full Post »