Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Reflexão’

A luz do sol

Que será este brilho claro?
Será o sorriso da Lua?
Será este o meu faro?
Será esta luz a sua?

Poderei ter nele emparo?
Escapar já da cafua?
E fugir do desamparo,
da penumbra fria e crua?

Tenho lágrimas nos olhos.
Não acredito na sorte
de ultrapassar os escolhos,

de ter topado o meu norte,
ter fugido dos abrolhos,
ter escapado da morte.

Read Full Post »

Trova IV

Há sobre a terra um espelho
para ela se observar,
desde o céu acariciar
o seu rosto branco e velho.

Read Full Post »

Trova III

Quer absorver o calor,
enquanto à vida se aferra,
mas já dá sentido a dor
que a matará sobre a terra.

Read Full Post »

Trova II

Céu cinzento, está a chorar
nos dedos dos rumorosos
estendidos pra tocar
a paixão do glorioso.

Read Full Post »

Trova I

Noite sem lua, a chover,
águas silenciosas, frias,
aonde vão todas as rias,
aonde todas vão morrer.

Read Full Post »

Reflexões

Silêncio nocturno
em cálida harmonia
com o leve rosmar
das águas do tempo.

Os segundo fogem
como grãos de areia
entre os dedos febles
destas pobres mãos.

Onde estás, guardião,
tu que observas na distância
o que o meu ser anseia?

Onde estás, irmão,
tu que sempre tens constância
para forjar cadeias?

Escrito em 2009

Read Full Post »

Sem rumo

Custa-me pensar
Tento bater as asas e voar
Mas é inútil, não fica ar
Não tenho jeito de me impulsar.

Estou preso em gaiola dourada
Mas firme e dura, bem fabricada.
O peso do tempo, a forma da nada.
A falta de rumo, a vida passada.

Soment’ tenho ganas de dormir
De recuperar-me e voltar a sentir
A força que um dia me fizo sair
Ao mundo, à terra, com ganas de agir.

Sinto-me como um vulgar passarinho
Que não pode nem topar seu caminho
Quero paciência? Quero carinho?

Escrito em 27 de Agosto de 2009

Read Full Post »

Older Posts »